coletivos em rede e organizações - coro

 


Sobre o CORO


Algumas poucas linhas sobre COLETIVOS de Arte

Histórico de formação do CORO


Mas o que é o CORO?


CORO como rede...


CORO no BRASIL


CORO no EXTERIOR


Encontros, Intercambio e Debates


E-grupo corocoletivo


Banco de Dados CORO


SOBRE O SITE corocoletivo.org

Contatos

VOLTAR (HOME)

 


C O R O
Coletivos em Rede e Ocupações

“A compreensão do coletivo como fortalecimento de objetivos e potenciais, além da dissolução de problemas e divisão de etapas e mão de obra de trabalho, sem que com isso o individual se dilua, é o próprio desafio do homem global e sua prática na cultura contemporânea. Não se trata de massificação igualitária e utópica, mas igualdade de condições e possibilidades geradoras. É o coletivo que afirma a individualidade e a potencializa em direção a uma relação aberta com o mundo.”

Trecho do Manifesto Horizonte Nômade

VOLTAR


Algumas poucas linhas
sobre COLETIVOS de Arte


Coletivo não é apenas um grupo. Digamos que ‘grupo’ está contido no conceito de coletivo, que são as novas formas de organização de processos coletivos, que carregam uma maneira consciente de relação não hierárquica e participativa que se realiza na ação.

Os participantes dos coletivos, se integram por afinidades, colaborando conscientemente com suas diferentes sabedorias por uma idéia em comum, sendo cada vez mais multidisciplinares. Sempre aperfeiçoando novos métodos de colaboração conjunta, reconhecendo e aplicando suas potencias.

Os coletivos de arte tendem a se aglutinarem em prática-política-estética, junto a outras organizações sociais, sendo cada vez mais interdisciplinares.

Olhar a arte pelo processo coletivo é ampliar os limites transformadores da linguagem e da experiência, seus campos de atuação e suas intersecções com os outros territórios do conhecimento, uma espécie de filosofia-prática.

A arte, fortalecida no coletivo, pode ter seu potencial amplificado e mais amplamente difundido. Já que mais informação, mais conhecimento, mais experiências circulam... para uma projeção intervencional construtiva da realidade.

Ocupações são ações realizadas para um Contexto Específico... é importante perceber que essas ações artísticas se dão em sua grande maioria nos espaços públicos, assumindo a prática-político-estética como natureza do trabalho artístico coletivo.

VOLTAR


Histórico de formação do CORO

CORO foi proposto a partir de reflexões e pesquisa sobre o trabalho coletivo e compreensão de que aglutinações estão se dando socialmente nas micro e macro estruturas do globo.

CORO é uma iniciativa de artistas, que a principio buscou unir outros artistas que também trabalham coletivamente no Brasil. Teve origem em São Paulo pelo Horizonte Nômade. Começou a se articular em meados de 2003, a partir do levantamento de coletivos brasileiros e iniciativas autônomas, realizado por Flavia Vivacqua, desde 2000.

Essa articulação se deu basicamente pela internet circulando um questionário sobre as ações de cada coletivo, os detalhes sobre como se organizam e produzem seus trabalhos e como pensam a coletividade. A proposta do CORO foi se espalhado e agregando adeptos e colaboradores, através de pessoas/coletivos que como um impulso na grande rede, informaram outras pessoas/coletivos, acessando outros agrupamentos e meios difusores que já existiam, como o Mídia Tática, Canal Contemporâneo, Linha Imaginária, Rejeitados, PIA... hoje, a maior parte desses agrupamentos integram o CORO.

VOLTAR

 


Mas o que é o CORO?

CORO é uma potencialização da rede de coletivos de arte, iniciativas e espaços independentes, ações continuadas, outras redes, associações, cooperativas e aliados espalhados pelo Brasil e exterior, conscientes de que toda ação reverbera!

Múltiplas vozes é processo coletivo!

... trocando idéias... ações... colaborando... ações... circulando informações... ... propondo... ações... integrando... Ações...

VOLTAR


CORO como rede...

A rede que se potencializou a partir do CORO é estabelecida por artistas e outros profissionais das Artes, ativos no panorama cultural Brasileiro, nas mais variadas linguagens visuais e que se dispõem ao trabalho coletivo.

Respeitando as múltiplas formas de atuações que dão voz a diversidade, numa rede que vai muito além dos grandes centros culturais do país como São Paulo e Rio de Janeiro.

Esse tipo de articulação somente é possível hoje, pelas facilidades tecnológicas atuais, que possibilitam estabelecer ampla troca de informações, idéias e ações, pelo acesso rápido com quem pensa e faz arte, comprometidos em estabelecer apoios e parcerias com outros e para outros novos projetos.

VOLTAR

 


CORO no BRASIL

CORO articula hoje a grande maioria de seu rastreamento inicial de coletivos atuantes no território Brasileiro, mas não só.
www.corocoletivo.org
Norte: AM – PA - RO
Nordeste: CE - BA - PE
Centro-Oeste: DF – GO - MT
Sudeste: MG – ES – SP - RJ
Sul: PR – SC – RS

 

VOLTAR


CORO no EXTERIOR

CORO iniciou no ano de 2005 sua expansão para além do território brasileiro, com o COLETIVAÇÕES, intercambio entre artistas brasileiros e franceses.

e já está estabelecido contatos e parcerias com outros pontos do planeta:

França – FRAAP www.fraap.org
AAB - Ateliers d'Artistes de Belleville
Espanha – POCs www.pocs.org
Argentina – TRAMA http://proyectotrama.org

VOLTAR



Encontros, Intercambio e Debates

Com o intuito de dinamizar e potencializar os autônomos, sobre tudo das artes visuais, foram propostos, pelo CORO, encontros reflexivos entre artistas, teóricos, pesquisadores, educadores, pensadores, agitadores, articuladores… da cultura.

Essas iniciativas só foram possíveis pelo trabalho coletivo!

O primeiro encontro nacional de coletivos de artes aconteceu em São Paulo na capital, em junho de 2004 durante o Fórum Mundial Cultural, o ReverberAções.

Logo em seguida, em setembro de 2004, foi realizado o ‘I encontro Chave Mestra de Coletivos’, no Rio de Janeiro.

O debate “Arte e Ação Coletiva na Cidade”, no Instituto Cervantes, no dia 30 de agosto de 2004 em São Paulo, organizado por Zibel/CasaZ e Flavia Vivacqua, também foi importante encontro avaliativo do que estava sendo realizado naquele momento pelos coletivos de São Paulo.

Em 2005, acontece o ColetivAções, que realiza o primeiro intercambio internacional de coletivos brasileiros com coletivos Franceses, em Paris/FR.

Os encontros e o Intercambio foram acompanhados de exposições, fóruns de debates, conversas em roda, ações e intervenções urbanas.

VOLTAR



E-grupo corocoletivo

Ativo desde 2003, conta com 185 participantes entre representantes de:

70 coletivos,
11 iniciativas independentes,
11 ações continuadas,
1 associação,
1 cooperativa,
4 outras redes e
e aliados artistas, historiadores, jornalistas, educadores, pesquisadores, psicólogos, etc

O e-grupo do CORO, se estabelece como meio aglutinador dos artistas coletivos e outros profissionais, na busca de estabelecer rapidamente dialogo entre a rede formada. Conjuntamente aos encontros físicos e virtuais, as discussões on-line, e as ações práticas, o e-grupo, (apesar de hoje não ser mais uma ferramenta suficiente para essas interlocuções) é ainda agente indispensável na construção dos caminhos coletivo.
e-mail: corocoletivo@yahoogrupos.com.br

VOLTAR


Banco de Dados CORO

acesso a Arte Contemporânea Brasileira de processo Coletivo
A Internet e outras novas tecnologias, tem exigido rápida mudança e novas posturas éticas, políticas e culturais da sociedade, em suas formas de organização, pensamento e prática.

Pensou-se então na utilização inteligente, facilitada e ágil da Internet para, entre outras coisas, organizar, viabilizar e disponibilizar o Banco de Dados CORO, ampliando o acesso aos trabalhos que estão sendo desenvolvidos pelo Brasil nos últimos anos.

Parte do Banco de Dados CORO, hoje fica localizado no site www.corocoletivo.org e em um acervo de material impresso que é possível ter acesso, marcando uma consulta pelo telefone 55 11 92217658.

O banco de dados contém informações sobre os integrantes do CORO, manifestos, depoimentos e imagens da diversificada e atual produção visual, em CD, DVD, VHS e papel, realizada de forma coletiva, pelo Brasil e Exterior.

VOLTAR


SOBRE O SITE corocoletivo.org
realizado de forma colaborativa!

No site é possível encontrar um levantamento com links, textos e imagens (parte do Banco de Dados CORO) de coletivos, iniciativas e espaços independentes, ações continuadas, outras redes, associações, cooperativas e aliados no Brasil.
www.corocoletivo.org


SITE
Adalgisa Campos
ARTBR – Rui Amaral / Carioca
Euler Sandeville (Espiral/Aion)

Rodrigo de Sábata

DESIGNER GRÁFICO E MAPA DO SITE (ainda não viável)
Mauro de Souza
Paulo Hartmman

TRADUÇÕES
Adalgisa Campos (Frances)
Fabiolla Duarte (Inglês)
Gavin Adams (inglês)
Roberta Mahfuz (Inglês)
Sofia Panzarine (Espanhol)

EM AÇÃO / BANCO DE DADOS
CORO- Coletivos em Rede e Ocupações

PESQUISA, ARTICULAÇÃO e ORGANIZAÇÃO
Flavia Vivacqua

VOLTAR



CONTATOS

site: www.corocoletivo.org
e-grupo: corocoletivo@yahoogrupos.com.br
e-mail: corocoletivo@gmail.com


ou


com Flavia Vivacqua
PESQUISA, ARTICULAÇÃO e ORGANIZAÇÃO
e-mail: flavivacqua@gmail.com
Fone: 55 11 92217658

VOLTAR